quarta-feira, 15 de março de 2017

O projeto McLaren-Honda ainda tem solução?

Mais uma temporada está chegando e mais uma vez tudo indica que o plano de fazer o projeto McLaren-Honda ter sucesso está indo por água abaixo.

Quando a Honda retomou sua parceria com a McLaren em 2015, todos sabiam que haveria sim um tempo de adaptação e que as coisas não seriam fáceis no começo. Bom, mas esse começo já passou faz tempo e desde então a McLaren sofre com um carro pouco confiável, andando do meio do pelotão para trás, marcando poucos pontos e vivenciando tudo aquilo que uma equipe histórica como a McLaren não gostaria nem mereceria viver.

Mas será que existe um grande culpado pelos problemas que apavoram o time de Woking há dois anos?
É o que tentaremos descobrir nesse post!


Fernando Alonso mostrou dificuldades em manter um ritmo forte nos testes em Barcelona.


O chassi da McLaren é bom? 


Historicamente a McLaren quase sempre fez bons chassis e raramente se vê uma quebra em seus carros por conta disso. Além disso, aerodinamicamente falando, as linhas de construção das McLaren sempre foram bem feitas e isso sempre ajudou a equipe ir um pouco menos mal quando o motor não ajudava, vide 1993 e 2004. 
Bom, mas isso não quer dizer que o carro tem um ótimo chassi e uma ótima aerodinâmica, não creio que a McLaren seja a equipe que melhor tenha um desenvolvimento de chassi e aerodinâmica, especialista nisso é o pessoal da Red Bull. 
Talvez seria correto dizer que nesse quesito, o MCL32 é tão bom quanto uma Williams.

''Rodamos pouco nos testes por conta de problemas'' ''Todos estão prontos para Melbourne menos nós'', Frases de Fernando Alonso sobre a McLaren na pré temporada. 


E aonde está o problema então?

Obviamente que você deve estar pensando que eu vou falar ''tudo culpa da Honda'', bem, não é bem assim.
O pessoal de Woking também não está mandando assim tão bem na hora de fazer sua parte, não é nada excepcional o trabalho deles, eu diria em uma frase popular que: ''eles não estão fazendo mais do que a obrigação''.
E a Honda?
Os japoneses sim, não estão fazendo nem sua obrigação de entregar um motor que tenha uma equivalência de potencia com os Renaults, Ferraris e Mercedes. É notável que a velocidade final e a recuperação de velocidade das McLaren são mais lentos.
Mas o problema não está somente no Speed Trap ou no torque, e sim também na confiabilidade, que muitas vezes deixa a desejar.
Ou seja: a culpa do projeto McLaren-Honda ainda não tem dado certo vem de ambas as partes!

Alonso e Vandoorne que vão ''pagar o pato'' na prática por esse projeto que não embala.


Aonde estaria a solução:

A solução mais rápida e para o pessoal de Woking seria abandonar o projeto e voltar a usar motores Mercedes por exemplo. Bom, mas isso é uma resposta muito rasa e a curto prazo não aconteceria nunca. 
Talvez o que deve ser pensado de forma geral para o conjunto da McLaren-Honda seria repensar os conceitos de criação se baseando em projetos que estão dando certo.
Dinheiro não falta, de ambas as partes e por isso digo: Quem sabe se a Honda fizesse um trabalho mais ''feijão com arroz'' na unidade de potencia ao invés de tentar criar novos conceitos as coisas não estariam melhores? 

O MCL32 só volta às pistas em Melbourne, daqui há uma semana e meia.


A temporada 2017 está para começar, veremos aonde a McLaren pode chegar!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Podcast Curva A Curva #12- Carros malvadões are back, Lance Stroll na auto escola da F1 e McLaren dando passos para trás.

O primeiro Podcast do ano está no ar!
No programa de hoje falamos sobre o novo design dos carros da F1, a pré temporada, o estreante Lance Stroll, a McLaren e Hamilton e Bottas na Mercedes.    

                                   

Link para assistir: 



Semana que vem voltamos com mais podcast Curva a Curva!











terça-feira, 7 de março de 2017

O quão mais alto ''fala'' os motores da F1 2017.

Uma das maiores expectativas para a temporada 2017 é que o som dos motores V6 turbo dos carros ficassem um tanto mais alto e ''agradáveis'' para os fãs. Bem, tecnicamente os propulsores da F1 não teriam uma mudança no som, isso porque mesmo com mudanças aerodinâmicas, a tecnologia usada para mover os carros continua a mesma.

O motor Mercedes parece ter o som mais alto entre os propulsores da F1.

Mas será que é só impressão causada por alguma gravação dos testes de pré temporada ou os carros da F1 2017 estão realmente soando mais alto?

Por isso separei alguns vídeos que podem esclarecer isso, assista-os abaixo e tire suas próprias conclusões.

Câmeras externas 2016 X 2017: 

2016: 



2017:




As minhas conclusões: 

Na minha opinião tudo é muito contraditório ainda, pois é muito fácil manipular a taxa de captação de um microfone para causar uma impressão de um som mais cheio. Talvez o sistema de som usado pelos cinegrafistas nos testes de pré-temporada sejam bem diferentes daqueles usados nas transmissões oficiais da FOM.
Por isso digo, somente no GP da Austrália, com o sistema padrão das transmissões da F1 e com câmeras onboard dos carros.
Quero muito acreditar que o som esteja melhor e mais alto, mas não quero também cair em pegadinhas de vídeos do Youtube que manipulavam o áudio causando faltas esperanças.

Melbourne será a prova real!!! 

 

segunda-feira, 6 de março de 2017

A volta de quem não deveria ter ido...

Mais de um ano se passou, muita coisa no mundo da F1 aconteceu e em todo esse tempo o Blog Curva a Curva ficou parado, foi um longo pit stop!
Confesso que eu (João Vítor Dieter) falhei em parar com esse projeto que é tão legal. Hoje estava navegando por acaso em minha conta do Blogger e me deparei com a quantidade de pessoas que haviam acessado o blog nesse tempo que ficou parado, esse número me surpreendeu e me deixou muito feliz, por isso decidi retornar com o que nunca deveria ter parado...

Então é isso, bandeira verde no Blog Curva a Curva, é corrida que segue rumo ao início da temporada 2017!

Tempo de olhar para trás e recomeçar!


NOVIDADES:

A partir de agora teremos dois posts semanais (podem haver exceções dependendo do que está acontecendo no mundo da F1.)

Temos para esse ano o Podcast Curva a Curva, em parceria com o canal UCP Games. Fiquem ligados, essa semana vai ao ar o primeiro programa do ano!




Conto com todos vocês para falarmos muito sobre a temporada da F1 que está para começar aqui no Blog e também em nossa página no Facebook.


Até breve!