sábado, 23 de maio de 2015

Os 3 melhores GP de Mônaco

O calendário da Fórmula 1 em 2015 chega em Mônaco,e já é a 72° que os carros correm nas ruas do principado,61 vezes no mundial de Fórmula 1,sendo disputado sem intervalos de temporada desde 1955,e com muitas histórias para contar.
 
     O primeiro vencedor foi Willam Grover-Williams,em 1929.Quando surgiu o Mundial de Fórmula 1 em 1950 e vencedor foi Juan Manuel Fangio,os maiores vencedores  do Grande prémio são: Grahm Hill,Stirling Moss,Michael Schumacher e Ayrton Senna,que por vez é o maior vencedor com 6 vitórias.

       Então agora cito os 3 melhores GP de Mónaco,claro isto sendo apenas minha opinião,deem suas opiniões também e lembre fatos do desse marcante GP de rua.



                                                            GP de Mônaco 1992:

                                                       

A temporada de 1992 até a 5° etapa estava sendo dominada por Nigel Mansell,a sua Williams sobrava,e o então campeão Ayrton Senna vinha sofrendo com os problemas de sua McLaren.
Na qualificação,Mansell fez a poleposition,com Ricardo Patrese na 2° posição,a Williams de novo na 1° fila.Na lardaga Mansell manteve a ponta,mas Senna logo passou Patrese e pulou para 2°,por muitas voltas,Nigel liderou sossegado,até que parou por estar com problemas nos pneus e no balanço do carro,após o Pit Stop,mais demorado que o normal,Senna passou à sua frente,com uma vantagem de 7 segundos,mas Mansell,com toda sua potencia apertou rapidamente e faltando 3 voltas do fim já estava colado em Senna,então começou a perseguir Senna loucamente,colocando o carro a todo tempo lado a lado,e Senna segurando a liderança com muito cuidado,até que conseguiu levar a liderança até a bandeirada e vencer,algo que parecia impossível sem a capacidade de Ayrton controlar o carro em Mônaco.



                                                                        GP de Mônaco 1996:

    

                                                                                    
                                          

Talvez esse GP não seja lembrado por grandes disputas e resultados expressivos dos grandes pilotos e equipes,mas pela falta disso,bem vou explicar:


           Este era o grid:

Com a pista molhada os pilotos largaram numa combinação entre chuva e seco nas ruas estreitas do principado, Hill tomou a ponta de Schumacher que bateu na 1° volta. Desse impressionante fato resultou que em menos de uma volta cinco pilotos saíssem da disputa por conta de acidentes. Logo após, Pedro Diniz e Ricardo Rosset também ficariam de fora,e Berger,4 voltas depois,com problemas de cambio também.Assim,após 10 voltas,12 carros estavam na pista ainda,Hill segurava a ponta com folga de 30 segundos e a corrida andava normal,até que na volta 40, do nada, seu motor explodiu.
      Após a saída de Hill,Jean Alesi tomou a ponta com folga,tudo parecia estar bem,até que na volta 60 ele foi obrigado a voltar aos Boxes pois sua suspensão quebrou. Logo após isso Luca Badoer,Jacques Villeneuve bateram e abandonaram, então sobrou 7 carros na pista faltando 5 voltas para o fim, mas durante uma disputa entre Mika Salo, Edie Irvine e Mika Hakkinen,os três ficaram engavetados e abandonaram, causando um fato inédito,apenas 4 carros na pista,e após tudo isso,o francês Olivier Panis assumiu a ponta e conduziu sua Ligier até a bandeirada junto com David Coulthard e Johnny Herbert no pódio,Heinz Harald Frentzen ficou em 4°,ou seja,o último.
 

                                 Panis comemorando a sua vitória com a bandeira francesa                                                              


         Resultados após a corrida:                                                                         
                                                                               

                                                                   GP de Mônaco 1984:

                                                                     

O GP de Mônaco de 1984 é lembrado por ser a primeira grande aparição de Ayrton Senna,pilotando uma Toleman muito inferior e brigando pela vitória.

este era o grid de Largada:            
                                                                         

A corrida começou com 45 minutos de atraso por causa de uma chuva torrencial que caia,quando foi dado a largada. Prost dominou sua liderança logo de início,pois 3 carros bateram na largada,depois entre a volta 11 a 15,Nigel Mansell liderou,depois disso,Prost recuperou a ponta pois Mansell bateu.
O que vinha acontecendo de impressionante era a ascensão de Ayrton Senna na prova,e então ele se aproximou rapidamente de Alain Prost,e embaixo de chuva forte fazia cada curva num ritmo muito mais rápido que o normal,até que na volta 30 já estava colado,numa condição horrível de pista,quase impossível de guiar para os outros pilotos,menos a Senna que colava em Prost alucinadamente,e de forma quase insegura. Por isso o diretor de prova e ex-piloto Jackiy Ickx,decretou o fim da prova,na volta 31,que apesar disso é muito contraditório,pois essa volta não foi contada como válida,então mesmo Senna passando Prost na linha de chegada,não foi dada a vitória para Ayrton.Alain Prost parou o carro logo após a bandeirada.

Prost estacionou seu carro logo após cruzar a linha,com Senna ao lado esquerdo.